Assistência Social

  • Busca oferecer a total garantia dos direitos das crianças acolhidas através, do acolhimento protetor, da participação na vida comunitária e da formação de uma rede de apoio.
  • Objetiva primordialmente a reintegração familiar das crianças e adolescentes abrigados. Busca fortalecer o vínculo familiar mesmo se rompido ou fragilizado, para que superem seus conflitos, mantenham diálogo, reflexão e cumpram com suas responsabilidades. Oportuniza por meio de processo sócio educativo, um modelo de relações que possibilite o resgate da auto-estima e a construção de um projeto de vida. Pois a Associação Casa do Pai acredita que a família estruturada é o melhor lugar para proteção e socialização de uma criança.
  • Encaminha para adoção os casos indicados pelo Judiciário onde a reintegração familiar não foi possível. Orienta a família candidata conjuntamente à criança e acompanha o processo por seis meses após sua efetivação.
  • Realiza o "Estudo Social" pelo levantamento de dados e conteúdos estruturantes para estabelecer o "Parecer Social" que orienta a equipe técnica em desenvolver as ações necessárias a serem executadas. Além disso elabora conjuntamente com esta equipe, processos em parceria com o Judiciário e Ministério Público sobre o melhor a ser realizado individualmente para cada criança.

Nossas ações estão baseadas nas seguintes fontes:

  • Estatuto da Criança e do Adolescente.
  • Manual de Orientações Técnicas: Serviços de Acolhimento para Crianças e Adolescentes (Brasília,2008).
  • Plano Nacional de Promoção, Proteção e Defesa do Direito de Crianças e Adolescentes.
  • Protocolo Qualidade em Instituições de Acolhimento à Criança e ao Adolescente.
  • Norma Operacional Básica do Sistema Único de Assistência Social -NOB/SUAS.