A Associação

A Associação Casa do Pai é uma sociedade civil de caráter filantrópica, sem fins lucrativos. É uma ONG (organização não governamental) que mantém casas lares em Curitiba, no Paraná, e presta assistência a crianças em situação de risco, em regime de abrigo 24 horas.

Fundada em 1994 por um grupo de pessoas da sociedade que, como você, cultiva o desejo de praticar a solidariedade. Atualmente somos duas Casas Lares com capacidade para 10 crianças cada uma, num total de 20 crianças de ambos os sexos e na faixa etária entre 3 a 15 anos, com prioridade dada para grupos de irmãos.

Cada casa está estruturada para acolher, com conforto e bem estar, crianças que viviam em situação de risco. Elas são cuidadas por mães ou pais sociais que moram na casa e buscam criar um ambiente semelhante ao das famílias convencionais. As crianças recebem alimentação, vestuário, atendimento médico, odontológico, psicopedagógico, psicológico e psicomotor, além de participarem de atividades de esporte, cultura, lazer e artes (canto, teatro e artes plásticas).

Os moradores das Casas Lares são encaminhados pela Vara da Infância e Adolescente, SOS criança e Conselho Tutelar, através da Central de Vagas do Município. Grande parte dos casos está relacionada aos maus tratos, negligência, abandono e violência doméstica ou perda dos pais. A passagem longa e dolorosa por uma instituição deixa marcas profundas que denunciam o abandono, negligencia e a violência própria da história de cada criança. Para ela, estar abrigada significa ter sido deixada para trás pela família. Mesmo em regime de casa lar, onde as crianças convivem em um ambiente seguro, inseridas na comunidade local, o estigma permanece. O abrigamento precisa ser efetivamente uma medida provisória e excepcional, conforme preconiza o Estatuto da Criança e do Adolescente.

Tornou-se então necessário que também passássemos a atender as famílias destas crianças. Famílias que continuam vivendo em situação de risco social e humano. Visamos sua reestruturação, para que com isso criem-se condições para ocorrer o retorno familiar da sua criança abrigada. Vários já foram possíveis. Mas quando isto não é possível, as crianças são encaminhadas para a adoção. Durante todo este processo, a criança continua morando na Casa do Pai.

Quem faz acontecer na Casa do Pai

Além da diretoria, a Casa do Pai conta com 15 funcionários e voluntários para que toda esta ação possa atingir seus objetivos.

Nossa equipe técnica preparada é formada por duas Assistentes Sociais, uma Psicóloga, uma Psicopedagoga, um Motorista, oito Pais e Mães Sociais, uma Babá, duas Auxiliares de Serviços Gerais, um Administrador e uma Auxiliar Administrativa.

A Associação Casa do Pai possui os seguintes certificados:

Utilidade Pública Municipal - Lei n.º 9.572
Utilidade Pública Estadual - Lei n.º 13.078
Utilidade Pública Federal – Portaria 1307 de 25/07/2007
CEBAS – Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social
Inscrição no Conselho Municipal Municipal de Assistência Social nº.475
Inscrição no Conselho Nacional de Assistência Social n.º 219